Residencia-13_edited.jpg
Casa EE / 

Início do projeto: 2007

Conclusão da obra: 2011

Área do terreno: 3.027 m2

Área construída: 1.100 m2

Esta casa térrea, idealizada para um casal com dois filhos adolescentes, tem a piscina como ponto central da casa, para onde praticamente todos os cômodos estão voltados. A configuração da planta em "U" faz com que as áreas íntimo/ social/ lazer sejam bem delimitadas. Todos os quartos têm o privilégio de receber o sol da manhã.

Mesmo com um declive muito acentuado, com 13 metros de desnível em relação à rua, a premissa dos clientes era de que a casa fosse totalmente térrea. Com isso, a casa é praticamente toda apoiada em uma grande laje, sem que isso seja perceptível. O único desnível acontece após a borda infinita da piscina.

As linhas retas e volumétricas, juntamente com os revestimentos rústicos, fazem com que o projeto seja arrojado e ao mesmo tempo despojado. A sala com o pé-direito mais alto ajuda a criar o jogo de volumes da fachada e proporciona grandes aberturas em vidro, trazendo muita iluminação natural para o interior.